Associação de companhias aéreas da Europa pede socorro ao poder público para evitar quebras

Associação A4E representa as principais marcas europeias, e juntas transportam mais de 500 milhões de passageiros/ano.

Como resultado do crescente temor mundial associado ao COVID-19 e restrições de viagem sendo impostas a viajantes, a A4E (Airlines for Europe), maior grupo de companhias aéreas da europa, que inclui Lufthansa e Air France/KLM entre seus membros, está solicitando aos governos locais medidas emergenciais para evitar colapso nos próximos meses.

O caso foi agravado após o presidente dos Estados Unidos decretar restrições para entrada de europeus no país.

Continua após a publicidade

Dentre as propostas, está inclusa a isenção de todos impostos da aviação a nível nacional, além de atraso na implementação de novos impostos previstos.

Revisão imediata do regulamento dos direitos de passageiros dentro da Europa (2013), que prevê o pagamento de compensações e incidência de taxas em caso de remarcação, já que o número crescente de casos de reembolso e remarcação tem colocado a receita de giro das companhias em cheque.

Aviões estão assim: Quase vazios.

Thomas Reynaert, diretor geral da A4E disse: “A crise atual demanda atitudes imediatas de revisão a esta legislação, agora nos vemos diante de uma situação em que a saúde financeira das empresas está em jogo, e um plano de emergência deve ser formalizado, seja na pandemia de um vírus ou na erupção de um vulcão na Islândia”, em referência à paralisação de voos na Europa devido à cinzas suspensas do vulcão Eyjafjallajökull, na Islândia, que causou caos no ano de 2010.

A comissão europeia de aviação já anunciou a suspensão da legislação de slots até o fim do próximo verão europeu, para evitar que as companhias tenham que voar em aviões vazios somente para preservar seus direitos de pouso e decolagem em aeroportos regulados, chamados ‘slots’.

Reynaert complementou que os impactos causados atualmente serão sentidos até o final do ano, com consequências ainda não descobertas.

O Ponte Aérea destacou as principais medidas adotadas pelas companhias globais para mitigar os danos nesta matéria.

Lançada em 2016, a A4E é a maior associação de cias aéreas da Europa, com base em Bruxelas, engloba mais de 3 mil aeronaves e 500 milhões de passageiros transportados anualmente. Entre os principais membros estão: Air France/KLM, Grupo Lufthansa, easyjet, Finnair, Grupo IAG (Iberia e British Airways), TAP e Norwegian.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta