American cortará oferta de voos em meio a aquisição de novos Boeing 787

A American Airlines anunciou nessa terça-feira (10), que estará cortando 55% dos voos trans-pacíficos, além de 7,5% da oferta nos voos domésticos. Os voos trans-pacíficos afetados são operados pelos Boeing 787 Dreamliner da companhia. O corte total representa 10% da oferta planejada para os próximos meses, tendo o novo coronavírus Covid-19 responsável.

A companhia planeja utilizar a frota Dreamliner afetada em voos domésticos rentáveis, incluindo o novo voo sazonal entre Chicago (ORD) e Honolulu (HLN).

Nesta semana a empresa de leasing BOC Aviation anunciou um acordo de 22 Boeing 787 Dreamliner para a American Airlines, que seriam entregues em 2020 e 2021.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta