Alitalia será estatizada por conta da crise do Covid-19

O governo italiano terá um papel importante para a Alitalia, devido a crise provocada pelo novo coronavírus Covid-19. O país, que foi um dos responsáveis pela propagação do vírus, causou um impacto muito grande nas operações da Alitalia, que estava em processo de venda meses atrás.

A principal companhia aérea da Itália, por vários anos não apresenta resultados financeiros favoráveis, necessitando de ajudas externas para sua sobrevivência. No mês passado, o Grupo Lufthansa havia desistido de disputar a compra da Alitalia. Agora com a crise global, só resta uma única saída para continuar voando: ser estatizada até achar um novo comprador.

Segundo a Reuters, o governo italiano espera dedicar pelo menos 500 milhões de euros para o setor de transporte do país, seguidos de pelo menos 3 bilhões de euros para estatizar a Alitalia.

A Alitalia opera atualmente com uma frota de 113 aeronaves, contando com Embraer 175/190; Airbus A319/320/321; Airbus A330-200 e Boeing 777 (versões -200 e -300).

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!