Ampliação de Heathrow é impedida por tribunal britânico

A tão sonhada ampliação de um dos principais aeroportos do mundo, Heathrow (LHR), foi impedida nessa quinta-feira (27) pelo Tribunal de Apelação do Reino Unido. O motivo de recusa foi que o projeto de ampliação, não atendia os parâmetros definidos pelo “Acordo de Paris”, que prevê a redução de emissões de dióxido de carbono (CO2).

O primeiro ministro Boris Johnson afirmou que aceitará a decisão do Tribunal, e não levará adiante o projeto de ampliação. “Esse julgamento mostra que o espírito e o texto do Acordo de Paris devem ser respeitados e que governos, empresas e investidores devem agora urgentemente reavaliar e reconciliar seus planos com o limite de temperatura de 1,5ºC”, disse Farhana Yamin, advogada especializada em litigância climática. “Qualquer coisa a menos significa que eles estão falhando em salvaguardar o futuro para seus cidadãos e para seus jovens. A decisão do Tribunal de Apelação abre o caminho para que o governo britânico mostra liderança verdadeira na COP 26”.

Um dos destaques da ampliação era a construção de uma terceira pista, o que poderia aumentar consideravelmente o número de pousos no aeroporto. Atualmente, LHR conta com duas pistas operacionais, sendo uma dedicada para pousos e a outra para decolagens.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!