Cabo Verde Airlines inicia voos para Porto Alegre

Inicialmente serão três voos por semana entre Porto Alegre e a Ilha do Sal.

Na tarde dessa quinta-feira (12) a Cabo Verde Airlines inaugurou sua operação sem escalas entre o seu hub na Ilha do Sal e Porto Alegre; é a primeira operação sem escalas entre a capital gaúcha e o continente africano.

O primeiro voo foi realizado pelo 757-200 D4-CCG “Baía de Tarrafal”, chegando na capital gaúcha às 15h41 — um atraso de 11 horas e 41 minutos em relação ao horário previsto. Entretanto, a chegada durante a tarde proporcionou que o tradicional batismo fosse realizado sob a luz do dia.

Inicialmente serão três voos por semana entre Porto Alegre e o Sal, operados às terças, quintas e sábados, com retorno para o arquipélago africano sempre no dia seguinte. A aeronave passará o dia em solo gaúcho de modo a proporcionar conexões convenientes no hub da companhia. A frequência das terças-feiras, contudo, deve começar apenas no dia 24 desse mês.

A malha da Cabo Verde Airlines está com muitos atrasos no momento. A razão é que a empresa trouxe dois 757 para operar os novos voos para Lagos, Porto Alegre e Washington, mas estes ainda aguardam homologação na Ilha do Sal.

Isso não impediu que o novo voo fosse bastante celebrado. A nova operação contou com festa nos balcões de check-in da Cabo Verde Airlines, com a presença do CEO adjunto da companhia, Mário Chaves, e da Chief Operating Officer da Fraport Brasil, concessionária do aeroporto, Sabine Trenk.

Enquanto o voo da vinda transportou apenas 28 passageiros — considerando que o 757-200 da Cabo Verde Airlines tem 182 assentos, isso representa uma ocupação de 15,38% –, o voo da volta transportou 105 passageiros para o Sal, com 15 convidados, uma ocupação de 57,69%.

O número indica que o fluxo principal do voo é do passageiro de Porto Alegre e região que vai para a Europa conectando no hub do Sal. É exatamente com essa estratégia que a Cabo Verde Airlines chega a POA, oferecendo tarifas muito agressivas em comparação aos principais competidores.

O passageiro que sai de Porto Alegre com destino ao Sal poderá conectar de imediato, nesse primeiro momento, para Lisboa, Milão, Paris, Roma e Washington, com a opção de fazer um stopover de até sete dias em Cabo Verde. A Cabo Verde Airlines oferece, também, voos para Dakar, no Senegal, e Lagos, na Nigéria, mas esses exigem uma longa conexão no Sal.

A aérea deve iniciar em 2020 voos para Luanda, Angola, e segundo matéria da agência Lusa, tem também em seu radar conexões de seu hub para Porto, Portugal, e Toronto, no Canadá, bem como outros destinos na África Ocidental e em Portugal.

O primeiro voo no sentido Porto Alegre-Cabo Verde decolou às 22h31 de ontem (12), com um atraso de uma hora e trinta e seis minutos, sob a chefia do comandante Marco Livramento.

A tripulação do voo inaugural Porto Alegre-Ilha do Sal
A tripulação do voo inaugural celebra a nova rota da Cabo Verde Airlines.

No Brasil, a Cabo Verde Airlines já liga o seu hub no Sal a três cidades do Nordeste: Fortaleza, Recife e Salvador. São três voos semanais para Salvador e quatro frequências para Fortaleza e Recife.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido pelo Contato Radar!