Boeing realiza roll-out do primeiro 737 MAX 10

No Brasil, a GOL tem encomenda para 30 unidades do modelo.

A Boeing realizou hoje (22), em sua fábrica em Renton, o roll-out do seu primeiro 737 MAX 10, maior variante da nova geração do 737. O evento foi acompanhado por centenas de funcionários da companhia.

MAX10 Reveal – November 22, 2019

O MAX 10 tem capacidade máxima para 230 passageiros e, de acordo com a Boeing, tem o menor custo por assento de qualquer outro avião de corredor único já fabricado.

Apesar de todos os problemas que o 737 MAX vem enfrentando recentemente — após dois acidentes fatais, não há nenhum MAX operacional há vários meses –, a Boeing se mostra otimista com o cronograma de certificação do 737 MAX 10, dizendo que conduzirá os primeiros testes de sistemas e motores ainda esse ano, com o primeiro voo estimado ainda para 2020.

Mark Jenks, vice-presidente e gerente do programa do 737, afirmou em comunicado que “[o evento de] hoje não é apenas sobre um novo avião. É sobre as pessoas que o projetam, o constroem e o apoiam. O foco implacável em segurança e qualidade mostra o comprometimento que temos para com os nossos clientes e todas as pessoas que voam nos aviões da Boeing.”

De acordo com a Boeing, o 737 MAX 10 tem mais de 550 unidades encomendadas por mais de 20 clientes. No Brasil, a GOL converteu 30 encomendas de seus 737 MAX para essa variante, com a entrega do primeiro prevista para 2022.

Enquanto isso, o 737 MAX segue proibido de operar regularmente ao redor do mundo. Recentemente, a American Airlines emitiu comunicado afirmando que espera o retorno das operações regulares do modelo para março de 2020 — dependendo da recertificação da aeronave pelas autoridades.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta