As vendas da Embraer no Dubai Airshow 2019

Fabricante brasileira assinou dois contratos durante a feira.

A fabricante Embraer assinou dois contratos durante este domingo (17) no Dubai Airshow 2019, envolvendo ambas as gerações do E-Jet. O primeiro contrato, foi para a Air Peace, maior companhia aérea da Nigéria e África Ocidental, para três pedidos adicionais do mais novo Embraer E195-E2 no valor de US$212.6 milhões.

Continua após a publicidade

Ao todo a companhia aérea terá 13 pedidos firmes com 17 intenções de compra do modelo, tendo a primeira entrega prevista para o segundo semestre de 2020.

A Air Peace será a primeira operadora do novo jato da Embraer no continente africano. “O E195-E2 é o avião perfeito para expandir nossas operações na África e esse novo pedido é mais uma confirmação de nossa iniciativa de cobrir o maior número possível de cidades que continuaremos a executar”, disse o chairman e CEO da Air Peace, Allen Onyema. “Estamos recebendo dados impressionantes sobre o desempenho operacional da aeronave, que está em serviço gerando receita, e esse foi um fator determinante para fazer esse novo pedido firme à Embraer. Estamos ansiosos para receber nossa primeira aeronave, que melhorará a conectividade na Nigéria e na região, além de operar voos de longo alcance a partir do nosso hub em Lagos.”

O segundo contrato assinado foi com CIAF Leasing no valor estimado de US$161.4 milhões, para três unidades do Embraer E190 da primeira geração, que será entregue no quarto trimestre de 2020. “Os três novos E190 serão uma excelente adição à nossa crescente frota de E-Jets. Com uma frota de aviões E170, E190 e E195, a CIAF terá a flexibilidade de oferecer a ambos os nossos clientes de leasing, com ou sem tripulação, um serviço que atende exatamente às suas necessidades”, disse o chairman e CEO da CIAF Leasing, Hassan Mohamed.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta