Boeing realiza teste de decolagem abortada com o 777X

Sem data definida para o primeiro voo, Boeing intesifica testes em solo com o 777X.

Apesar dos atrasos na campanha para certificação do programa Boeing 777X, a fabricante norte-americana segue com os testes de táxi, corrida, controles e comandos em solo no aeroporto de Paine Field, em Everett, onde está localizada a principal unidade de produção da Boeing.

Complementando a série de testes, o 777-9 iniciou a simulação de uma decolagem abortada/rejeitada, em inglês Rejected Takeoff (RTO). No vídeo também é possível observar a extensão dos folding wingtips durante o táxi, o que será comum quando a aeronave entrar em operação comercial.

A nova versão do ‘Triplo Sete’ possui 77 metros de comprimento e 72 metros de envergadura, podendo acomodar de 400 a 425 passageiros, oferecendo um alcance de até 7.600 milhas náuticas (14.075 km).

Boeing 777-9

Abaixo algumas fotos do maior bimotor de autoria de Royal S King.

(clique para ampliar)

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta