British Airways revela a ‘Club Suite’ nova classe executiva do A350

Nova executiva estreia em julho, no A350-1000.

Os novos A350-1000 da British Airways contarão com um novo produto na classe executiva, a ‘Club Suite’ estreiará no próximo mês de julho, no mais novo widebody da frota da companhia aérea britânica.

Continua após a publicidade

A nova seção foi desenhada no layout 1-2-1, permitindo a todos os passsgeiros acesso direto aos corredores e maior privacidade. Os assentos contam com novas telas individuais de entretenimento on-demand, com 18,5 polegadas, com programação de alta definição gate-to-gate, compartimentos para objetos 40% maiores, acesso a um novo sistema de Wi-Fi e tomadas de energia e entradas USB.

IMG_3430
Foto: British Airways

O A350-1000 terá capacidade para até 331 passageiros, em três classes. Além da ‘Club Suite’ com 56 lugares, o novo integrante da frota contará com 56 assentos da World Traveler Plus (Econômica premium). Novos kits de amenidades e um serviço aprimorado complementarão o novo desenho dos assentos. A classe econômica, World Traveler foi configurada com 219 poltronas.

IMG_3435
Foto: British Airways

Com o baixo nivel de ruído do A350, aliado a iluminação e maior espaço disponível, além da pressão de cabine equivalente a 6.000 pés ( 1.800 metros), permite aos clientes descansar da melhor forma possível, com níveis de ar fresco e umidade mais altos.

“A chegada do nosso primeiro A350 com a nova Club Suite é um dos desenvolvimentos mais interessantes do nosso programa de investimento de £ 6,5 bilhões. Cada nova suíte tem acesso direto ao corredor e vem com características pessoais de design de portas que foram incorporadas como resultado direto do feedback que recebemos de nossos clientes”, diz Alex Cruz, CEO e Chairman da British Airways.

IMG_3436
Disposição dos assentos da Club Suite. Layout 1-2-1 permite aos passageiros acesso direto aos corredores e maior privacidade.

Há também benefícios ambientais para voar no A350 de última geração, já que uma queima de combustível 25% menor reduz significativamente as emissões de CO2.

Quando entregue, o primeira aeronave A350 realizará alguns vôos de curta distância entre Londres e Madri para permitir que as equipes da companhia aperfeiçoem a prestação de serviços ao cliente e familiarizem a tripulação de cabine com o layout da aeronave.

Na segunda fase, a partir de 1º de outubro de 2019, a aeronave começará a operar rotas de longo curso. Durante este período, outras três aeronaves A350 se unirão à frota da British Airways e duas aeronaves Boeing 777 também serão adaptadas com a nova cabine.

 

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta