CGNA eleva a capacidade do Aeroporto de Brasília para 68 voos por hora

Esta é a quarta vez em cinco anos que o órgão aumenta o indicador desde que a Inframérica assumiu a administração Aeroporto de Brasília.

O Centro de Gerenciamento de Navegação Aérea (CGNA), órgão do Comando da Aeronáutica, elevou a capacidade de pista do Aeroporto de Brasília para 68 movimentos aéreos por hora. Isto significa que o terminal brasiliense pode executar com segurança mais pousos e decolagens, o que permite maior agilidade nas operações aéreas. Atualmente, o Aeroporto da capital federal possui o maior sistema de processamento de pousos e decolagens do Brasil.

Continua após a publicidade

Esta é a quarta vez em cinco anos que o órgão aumenta o indicador desde que a Inframerica assumiu a administração Aeroporto de Brasília. Quando a concessionária iniciou as obras de expansão do terminal, a autorização para recebimentos de pousos e decolagens em Brasília era de 44 movimentos por hora.

2A874D1B-62C5-4119-905E-A0846542D0A1-682-0000003B15817B25
Foto: Bento Viana/Inframérica

Após avaliação positiva da infraestrutura do aeródromo, que considera além da segurança das operações, a quantidade de posições em pátio e as saídas rápidas pelas taxiways, esta capacidade cresceu 54%. Com isto, a cada 53 segundos um avião pode pousar ou decolar do Aeroporto de Brasília. Diariamente, cerca de 450 aeronaves chegam ou saem da capital federal.

58B5DFCB-CE45-42BF-80E6-B25D79E6FD78-682-000000371147DBED
Foto: Inframérica

“O incremento na capacidade das nossas pistas permite maior margem de planejamento das operações no aeroporto, além de diminuir o tempo das conexões e dar mais opções de voos nos horários mais procurados pelos passageiros. Isto significa mais oportunidades de voos e mais concorrência”, conta Juan Djedjeian, diretor de operações da Inframerica.

O executivo lembra que os estudos para este aumento do sistema de pista levam em consideração a segurança da aviação civil. “A análise realizada pelo órgão competente leva em conta diversos fatores. Entre eles, a infraestrutura que disponibilizamos”.

O Terminal da capital federal é o terceiro mais movimentado do país e o mais pontual da categoria de aeroportos que operam mais de 15 milhões de passageiros por ano, segundo ranking da consultoria internacional OAG divulgado em 2017.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta