Air France encerrará operações da Joon

Companhia aérea criada há um ano, para ajudar a Air France em mercados deficitários, não obteve os resultados esperados.

O Grupo Air France-KLM deve encerrar as operações da Joon, marca utilizada em voos de longa e média distância com conceito low cost.

Segundo o jornal francês ‘Le Figaro’, o novo CEO do Grupo Air France-KLM, Benjamin Smith, não vê futuro no conceito “híbrido” da Joon. A companhia aérea criada há um ano, para ajudar a Air France em mercados deficitários, não obteve os resultados esperados.

IMG_2829
Foto: Air France

 

A Joon tem se mostrado impopular entre clientes, funcionários e investidores. Com o fim da marca Joon, Smith poderia incentivar sua equipe e colaboradores a fechar acordos econômicos para a Air France e suas outras duas marcas, a Transavia, empresa de baixo custo e a regional Hop.

Durante o primeiro semestre, greves na Air France geraram perdas de US$ 381 milhões. Benjamin Smith, se tornou o novo CEO da Air France após o pedido de demissão de Jean-Marc Janaillac, criador da Joon.

No Brasil, a Joon liga Fortaleza a Paris com o A340-300, a frota da empresa é de 15 aeronaves, todas elas da Airbus.

 

 

 

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta