Singapore Airlines volta a operar o voo mais longo do mundo nesta quinta-feira

Rota mais longa do mundo supera 18 horas de voo e será operada pelos novos A350ULR.

A Singapore Airlines volta a oferecer nesta quinta-feira (11), o serviço entre Cingapura e New York, retomando o posto de voo mais longo do mundo.

O voo SQ22 sai as 23h:35 (hora local) do Aeroporto de Changi, em Cingapura, chegando as 6h:00 do dia seguinte no Newark Liberty International. A distância de 16.700 quilômetros e o tempo de voo de cerca de 18 horas superam o atual voo mais longo do mundo, o serviço direto da Qatar Airways ligando Doha a Auckland, na Nova Zelândia.

Airbus-delivers-first-UltraLongRange-A350-XWB
Novo A350-900ULR tem a mesma matrícula do primeiro A340-500, 9V-SGA.

A etapa entre Cingapura a Nova York, que decola em 11 de outubro, deve levar 18 horas e 50 minutos, no sentido inverso o tempo de voo do SQ21 é 20 minutos menor, totalizando 18 horas e 30 minutos.

vuelo-mas-largo-mundo-singapur-newark-new-york

O voo será operado com os novos Airbus A350-900ULR, com 161 assentos, 92 a menos que o padrão utilizado nos outros A350-900 da frota. A Singapore Airlines é a primeira cliente do A350-900ULR, com sete encomendas firmes feitas a Airbus. A aeronave estará configurada em duas classes, com 67 assentos na Business Class e 94 na Premium Economy.

 

A Singapore Airlines já havia operado a rota Cingapura – New York (EWR) até 2013, usando o Airbus 340-500, em classe única para apenas 100 passageiros. Atualmente a Singapore Airlines opera um voo diário para New York (JFK) via Frankfurt com o A380.

A Singapore Airlines possui 21 A350-900 em sua frota, e pedido para mais 46 incluindo seis da versão ULR. Todos os seis modelos de Ultra longo alcance devem ser entregues até o fim deste ano.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta