Ponte Aérea

Aonde a notícia voa

TACV terá 51% do controle adquirido pela Icelandair

Governo de Cabo Verde deliberou a favor da proposta feita pela Icelandair.

O governo da República de Cabo Verde pretende concluir o projeto de privatização da TACV – Transportes Aéreos de Cabo Verde, ainda este ano. Em comunicado à imprensa, o governo afirma ter recebido uma proposta de aquisição de 51% da TACV feita pela Loftleidir-Icelandic, do Grupo Icelandair.

A proposta foi avaliada por uma comissão nomeada pelos ministros das Finanças e do Turismo e Transportes e assessorada por peritos internacionais em direito comercial, transportes aéreos e privatização.

O comunicado acrescenta: “O Conselho de Ministros deliberou no sentido de eleger o referido proponente como parceiro estratégico para a privatização da TACV”

TACV

A TACV possui atualmente duas aeronaves em sua frota, um 757-200 arrendado junto a Icelandair e um 767-200 arrendado da Jordan Aviation. A transpotadora Cabo-verdiana atende oitos destinos, na Europa, América do Norte e América do Sul. Na América do Sul os destinos são as cidades de Fortaleza, Recife e Salvador.

A privatizacão da TACV prevê três lotes, o primeiro será vendido a investidores institucionais, correspondente a 39% do capital da empresa, o segundo lote de 51% destina-se à venda direta para um parceiro estratégico e o lote restante de 10% será dividido entre trabalhadores e emigrantes de nacionalidade cabo-verdiana.