VLM Airlines venderá ativos

Entre os principais ativos estão as rotas para o aeroporto London City.

A SHS Aviation B.V., acionista majoritária da VLM (Vlaamse Luchttransportmaatschappij, Companhia Flamenga de Transporte Aéreo), decidiu em assembléia geral extraordinária, na sexta-feira (31), dissolver a companhia aérea belga e liquidá-la.

No último mês a empresa comunicou que a VLM iria descontinuar as rotas para Aberdeen, Birmingham, Colônia-Bonn, Maribor, Munique e Rostock e que a VLM passaria a se concentrar nos vôos fretados e nas rotas Antuérpia-Londres (LCY) e Antuérpia-Zurique.

17A448F1-325F-429B-BC9A-51620614C3A0-253-0000002E95C3FF05

Nesta nova decisão, os vôos regulares de Antuérpia para a cidade de Londres e Zurique também serão cancelados. O acordo entra em vigor imediatamente. Youri Steverlynck e Birgitta Van Itterbeek foram nomeados responsáveis ​​pelos contatos com potenciais compradores.

C46B34A5-7618-4288-975A-60DA80057636-253-0000003170F32DA4
Fokker F50 da VLM no London City, rotas para o aeroporto central de Londres são os principais ativos da companhia belga.

As rotas e direitos de utilização no aeroporto London City, em Londres são os principais ativos da companhia aérea belga. A VLM Airlines emprega mais de 100 profissionais de aviação. A frota é composta por 6 aviões turboélices Fokker 50, todos registrados na Bélgica.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta