United pretende retornar suas operações no JFK

United pretende retornar as operações no JFK após três anos.

O presidente da United, Scott Kirby, anunciou durante a Wolfe Research Global Transportation Conference que a United tem planos para retornar seus voos no Aeroporto Internacional John F. Kennedy (JFK), porém, ele não vê uma solução viável para tal retorno.

Boeing 777-200 United
A United não voa para o JFK desde 2015.

A United teria que adquirir slots de outra companhia aérea, além de espaços para check-in, back office e posições de parada no pátio. Scott não quis comentar quais seriam os planos da companhia no JFK, porém é especulado rotas para São Francisco e Los Angeles, mais populares ao público corporativo.

A companhia parou de voar no Aeroporto Intl. JFK desde outubro de 2015, quando moveu todos os seus voos para o New York Newark, e vendeu seus 26 slots para sua concorrente Delta Air Lines, que é a maior operadora neste aeroporto. Os espaços antes ocupados pela United no Terminal 7, foram absolvidos pela Alaska.

Atualmente, a United continua sendo a líder em mercado de passageiros se somados os três principais aeroportos de Nova York (JFK, Newark e LaGuardia), com 23% de assentos ofertados, contra 22,4% da Delta, 13,2% da American e 12,7% da JetBlue.

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta