Avianca será a primeira operadora do A330-300 na América Latina

Últimos posts por Gabriel Araújo (exibir todos)

A companhia colombiana terá em sua frota unidades da aeronave ainda no primeiro semestre de 2018.

A Avianca Colômbia incorporará à sua frota de widebodies, composta atualmente por Airbus A330-200 e Boeing 787-8, duas unidades do A330-300. Assim, tornará-se a primeira companhia da América Latina a operar este modelo.

No total, serão adquiridas duas unidades diretamente da TransAsia Airways, juntamente a dois A321ceo. Estas são as quatro últimas aeronaves pertencentes aos investidores da companhia de Taiwan, que encerrou suas operações em novembro de 2016 após dois acidentes fatais em 7 meses, o que resultou enormes perdas financeiras.

avianca
Os atuais A330-200 da Avianca contam com 30 poltronas-cama na classe executiva e 222 assentos na classe econômica, totalizando 252 lugares.

Em abril de 2017, a TransAsia Airways anunciou a venda de tais aeronaves por 364 milhões de dólares a um operador não identificado, após receber várias propostas. Na época, de acordo com a imprensa local, os responsáveis pela venda das ações da companhia optaram pelo cliente que realizou a segunda maior oferta, já que o cliente que ofertou o maior valor demorou a realizar os trâmites necessários para finalizar a compra.

Os A330 voavam no Taiwan com matrículas B-22101 (s/n 1357) e B-22102 (s/n 1378), ambos equipados com motores Rolls-Royce Trent 700 e que na Avianca receberão as matrículas N803AV e N804AV, respectivamente. Já os A321 voavam com as matrículas B-22608 (s/n 6009) e B-22610 (s/n 6294), e que voarão nas cores da companhia colombiana com as matrículas N805AV e N810AV, respectivamente.

 

 

Compartilhe nas redes sociais

Acesse o Fórum Contato Radar para mais informações sobre a aviação no Brasil e no mundo clicando aqui!

Deixe uma resposta