Ponte Aérea

Aonde a notícia voa

Virgin Atlantic aposenta ‘Flying Lady’ e inclui novos ‘Flying Icons’ no A350

Novos personagens representam a Grã-Bretanha moderna e o comprometimento da companhia na inclusão de minorias.

A tradicional ‘Flying Lady’, inspirada nas pin-ups do pintor peruano Alberto Vargas, e dispostas na seção frontal do esquema visual das aeronaves da Virgin Atlantic durante 35 anos será aposentada.

Na terça-feira, 2, a Virgin Atlantic revelou seus novos ‘Flying Icons’, com uma gama diversificada de homens e mulheres, que representa a Grã-Bretanha moderna. Os desenhos incluem negros, asiáticos e homossexuais, e farão parte da pintura dos novos Airbus A350-1000.

A42BCFBB-0D56-4DC9-BFE0-A557D748BC54-288-0000001F9521E710
Novos personagens serão pintados nos A350-1000.

A diversificação dos personagens representa também o comprometimento da empresa aérea em busca do equilíbrio de homens em mulheres nos cargos de liderança, além do objetivo de alcançar o percentual de 12% de colaboradores negros, asiáticos e de outras minorias até 2022. A empresa também tirou a obrigatoriedade do uso de maquiagem pelas comissárias de bordo e incluiu calças ao uniforme oficial das trabalhadoras.

Abaixo os cinco novos ‘Flying Icons’:

 

“Trabalhamos há vários anos para eliminar as disparidades salariais entre homens e mulheres, criar um ambiente de trabalho inclusivo e aumentar a diversidade da nossa força de trabalho, através do desenvolvimento do nosso programa Springboard para mulheres, bem como o lançamento de estágios de engenharia. Ao apresentar nossos novos ícones Flying, espero que encoraje pessoas de todas as origens a se sentirem em casa voando conosco, mas também trabalhando conosco”, comenta a Vice-Presidente Sênior da Virgin Atlantic, Nikki Humphrey.